Como escrever blog post para sua empresa

  • 25 de novembro de 2015
  • Blog

Workplace of businessman with mobile devices, laptop, newspaper and documents for work. Flat design style with shadows - vector illustration

Uma dificuldade comum para quem gerencia um blog é manter uma frequência na produção de conteúdo. É um problema compreensível, visto que existem pessoas que não têm muita facilidade para escrever — muitas não têm tempo, outras não estão inspiradas no dia ou estão sem criatividade. Mas a escrita de um blog post pode se tornar mais simples se a destrincharmos como um processo, que envolve planejamento e execução bem estruturados.

Neste artigo vamos descomplicar a produção de um blog post. Você vai aprender todos os passos, desde a escolha do tema até a revisão do artigo. Confira.

1. Definição do tema a partir das palavras-chave

Esse é o ponto inicial para a escrita de qualquer blog post. A escolha do tema a ser abordado em um texto não pode sair por achismos, vontade própria ou conveniência. É importante que haja um planejamento e a definição baseada em dados/tendências. Esse preparo normalmente é feito por meio da pesquisa de palavras-chave.

Existem algumas ferramentas úteis nessa tarefa, como Google Keyword Planner, Übersuggest e SEMRush. Nessas plataformas você pode analisar a relevância de palavras-chave, a média mensal de procuras, o nível de concorrência, sugestões de termos similares e outras informações importantes para você decidir qual será abordada.

Essa pesquisa é necessária para acertar na escolha do assunto e correr menos riscos de ter um texto sem conversão, audiência, comentários e compartilhamentos.

2. Acompanhe a concorrência e se inspire

O monitoramento é importante até para escrever um blog post. Dê uma conferida rápida nos sites que vendem ou abordam o mesmo tema que você. Veja se já escreveram um texto igual ao que pretende produzir ou se a sua sacada é uma novidade.

Trabalhe com a possibilidade de fazer um artigo com um tema parecido com a da concorrência, só que melhor e mais completo; ou criar algo novo, observando uma brecha entre os conteúdos de outros sites.

Caso existam blogs que você acompanhe com frequência ou que sejam populares no segmento da sua empresa, busque neles a inspiração para escrever e conseguir temas. Não se trata de fazer igual, mas sim de aprender.

3. Separe os principais pontos em tópicos

Essa é uma prática que ajuda bastante a estruturar o seu texto. Separe em um bloco de notas ou escreva em um papel os tópicos relacionados ao texto, o que não deve ser esquecido. É como uma espécie de roteiro, um guia para a sua escrita.

4. Escreva!

Não há coisa pior do que olhar para a tela em branco e não conseguir digitar uma palavra. O medo de errar e fazer algo que não agrade incomoda. Contudo, o melhor é tentar e começar a escrever qualquer ideia relacionada ao tema que venha à mente. Aos poucos, você pode reler o texto e consertar cada parte ruim. Somente a prática poderá ajudá-lo nessas horas. Portanto, tente.

5. Crie, sempre, a melhor introdução da sua vida

A exposição de conteúdos na internet para os usuários é enorme. Muitos deles nem passam dos títulos e os que avançam podem parar na introdução. Logo, crie uma introdução esclarecedora e convidativa para que o leitor continue acompanhando o texto.

Se estiver muito difícil iniciar o blog post pelo começo, deixe para fazer a introdução após escrever todo o desenvolvimento. Será mais fácil para compilar as principais ideias.

6. Escolha um título atraente

Talvez essa seja a parte mais importante do seu texto. É o trecho mais compartilhado de um blog post. Nas redes sociais, nas buscas realizadas no Google e nos leitores de feed de notícias (RS) só irão aparecer os seus títulos. Logo, a definição envolve um processo longo, que geralmente começa após a escrita do blog post.

Exercite, escreva dezenas de títulos sobre o mesmo assunto e separe os melhores (alguns deles podem ser úteis para outros textos). Mostre para outras pessoas e, caso sinta firmeza na escolha, coloque em seu texto. Listas, gatilhos mentais, guias e perguntas são alguns tipos de títulos que costumam funcionar bem.

7. Não se esqueça de colocar CTAs

As CTAs são Call to Actions, ou chamadas para ações. Normalmente, se posicionam no final dos textos, convidando o leitor para converter alguma ação, como comentar no post, compartilhar, seguir na rede social, baixar um material ou ler outro artigo. Precisa ter um tom imperativo, mas sem assustar ou passar despercebido — deve ser natural. Tudo dependerá do seu objetivo. Um blog post não serve apenas para educar ou entreter, mas também para converter.

8. Revise

É normal que algum erro de português ou uma frase mal colocada possam aparecer no meio do texto sem que a gente perceba. Por isso, é importante reler, consertar equívocos e, principalmente, cortar palavras. Retire o que for desnecessário e tente entregar um texto que esteja o mais limpo possível para os seus leitores.

A escrita de um blog post ainda leva outros fatores em conta, como o uso de imagens, a escaneabilidade do texto (sua divisão com intertítulos e parágrafos curtos), o SEO da página, a utilização de links internos e externos, e a aplicação das palavras-chave em títulos e no meio do texto. Mas, se ao menos os principais pontos aqui forem seguidos, será mais simples criar artigos perfeitos para a sua empresa.

Mais publicações do nosso blog

Assine nossa Newsletter