Estratégias para um planejamento de vendas eficiente em 2016

planejamento de vendas

É fato que a perspectiva que anda rondando o mundo do comércio atualmente não é das melhores: existe muito pessimismo em relação à crise econômica que estamos enfrentando e muitas empresas podem ter começado a sentir dificuldades em suas vendas. No entanto, boas estratégias podem ajudar qualquer negócio a conseguir resultados melhores em 2016 e o planejamento de vendas é um fator crucial para alcançar deste objetivo.

Planejar é parte essencial de todas as áreas de uma empresa. Montar um plano bem estruturado significa analisar a situação atual e definir aonde se quer chegar, para depois estabelecer metas e traçar o caminho até lá.

Neste post mostraremos como é possível fazer um planejamento de vendas eficiente para 2016! Aproveite para conferir:

Faça uma análise do ano anterior

Aqui estamos falando de entender o cenário da empresa e se a posição em que ela está hoje é mais ou menos favorável, ver quais foram as maiores dificuldades de 2015, o que precisa mudar, ver onde ocorreram maiores problemas no fluxo de vendas: atração, abordagem fraca? Condições de negociação? Especificações de produtos? Falta de preparo da equipe? Ou reclamações pós-venda? Problemas na logística?

A partir dessa análise é possível identificar as falhas, saber o que precisa melhorar para 2016 e quais esforços que estão dando certo. Assim você pode potencializar para conseguir ainda mais público, reter e fidelizar clientes, pensar em promoções, descontos, prêmios, exclusividades, indicações e relacionamento a longo prazo.

É preciso analisar o pipeline de vendas, os ganhos, a concorrência e a base de clientes existentes e, com isso, buscar oportunidades que ajudem-no a passar pela crise e até mesmo transformar esse momento de incertezas em um período de crescimento. Quem tem visão de negócios consegue fazer isso.

Inclua sua equipe desde o começo no planejamento de vendas

Engajar, fazer vendedores “vestirem a camisa”, serem propagadores de boa imagem, investir no preparo deles através de treinamentos para atenderem melhor o cliente. Além disso, a equipe deve se apresentar ao cliente com um tom de provedora de soluções e não apenas meros vendedores. É preciso estudar os clientes, entender o comportamento e as necessidades deles, propor soluções de verdade a seus problemas e, é claro, mostrar a utilidade dos produtos na prática, ser objetivo.

Também é importante estabelecer um modelo de comunicação de mão dupla, ter o feedback da equipe e do cliente para saber onde fazer melhorias. Lembre-se de que vendedores são a “linha de frente” e, mesmo que você seja o gestor, é bem provável que saibam melhor na prática quais os problemas estão enfrentando com os potenciais clientes e como podem melhorar as taxas de conversão.

Faça projeções e estabeleça metas para isso

Metas se subdividem e ajudam a chegar ao resultado final. Pense em boas táticas de vendas de acordo com seu público-alvo, que pode ser heterogêneo, e você tem que falar a mesma língua de cada cliente. Além disso, é preciso ter sensibilidade para compreender as dores e enxergar como solucioná-las ― o que pode ajudar até no desenvolvimento de novos produtos que alavanquem as vendas.

Invista em seus clientes atuais e na captação de leads

Faça um rascunho de suas metas e veja como investir em marketing para ajudar a atingi-las. Invista na captação de potenciais clientes através de blog, redes sociais, site, conteúdo rico e também mensure sempre os resultados, estando pronto para ajustar o planejamento sempre que necessário.

E você, já fez seu planejamento de vendas para 2016?

Mais publicações do nosso blog

Assine nossa Newsletter